As Montagens no Indac

A cada semestre, os alunos do Indac apresentam um exercício cênico, aberto ao grande público, como parte da Mostra INDAC de Teatro. São aproximadamente 12 peças por semestre. Confira ABAIXO, a lista de espetáculos finais das turmas de formandos do nosso Curso Profissionalizante de Ator.

2018 – Homens de papel de Plínio Marcos. Direção: Kiko Marques.

2018 – A insustentável leveza do ser de Milan Kundera. Direção: Renato Andrade.

2017 – Incêndios de Wadji Mouawad.  Direção: Kiko Marques.

2017 – Desamor de Plínio Marcos (junção dos textos: Dois perdidos numa noite suja e Abajur lilás). Direção: Renato Andrade.

2017 – A tempestade de William Shakespeare. Direção: Kiko Marques.

2017 – Entre muros – criação coletiva inspirada no livro: Holocausto brasileiro de Daniela Arbex e no texto: Em Colônia de Monalisa Vasconcelos. Direção: Renato Andrade.

2016 – O círculo de giz caucasiano de Bertold Brecht. Direção: Kiko Marques

2016 – Balada de Gisberta – inspirada em fatos reais e na peça de Martin Sheridan. Direção: Renato Andrade.

2015 – Biblioteca de Alexandria – criação coletiva. Direção: Kiko Marques.

2015 – Incidente em Antares de Érico Veríssimo. Direção: Renato Andrade.

2015 – F(r)icção – criação coletiva a partir de textos de Plínio Marcos. Direção: Kiko Marques.

2014 – Pequenos burgueses de Máximo Gorki. Direção: Kiko Marques.

2014 – Amores Urbanos de Caio Fernando Abreu. Direção: Renato Andrade.

2014 – Ocupação – inspirada no texto A invasão de Dias Gomes. Direção: Renato Andrade.

2014 – Cyrano de Bergerac de Edmond Rostand. Direção: Kiko Marques.

2013 – Samuel – Parte 1 e Parte 2 – compilação de 11 peças curtas de Samuel Beckett. Direção: Kiko Marques e Renato Andrade.

2013 – Faz de conta de Alan Ayckbourn. Direção: Kiko Marques.

2012 – Voulez-Vous? – de Antônio Bivar (junção de três textos: Cordélia Brasil, Alzira Power e Abre a janela e deixa entrar o ar puro e o sol da manhã). Direção: Renato Andrade.

2012 – Senhora dos afogados de Nelson Rodrigues. Direção: Kiko Marques.
2012
 – Boca de ouro de Nelson Rodrigues. Direção: Renato Andrade.

2011 – Vestido de noiva de Nelson Rodrigues. Direção: Kiko Marques.
2011 – Os sete gatinhos de Nelson Rodrigues. Direção: Marcos Suchara.

2011 – O anel de Magalão de Luís Alberto de Abreu. Direção: Kiko Marques.
2011 – Vereda da salvação de Jorge Andrade. Direção: Renato Andrade.

2010 – Esperando Moscou – adaptação do texto: As três irmãs de Anton Tchecov. Direção: Renato Andrade.
2010 – O percevejo de Vladimir Maiakóvski. Direção: Kiko Marques.

2010 – O Tartufo de Molière. Direção: Hélio Cícero.
2010 – A tempestade de William Shakespeare. Direção: Renato Andrade.

2009 – #caixapreta de Renato Andrade. Direção: Renato Andrade.
2009 – Bodas de sangue de Frederico Garcia Lorca. Direção: Kiko Marques.
2009 – Seis personagens a procura de um autor de Luigi Pirandello. Direção: Hélio Cícero.
2009 – Medéia vozes de Renato Andrade. Direção: Renato Andrade.

2008 – A menina e o palhaço e O alvará de Kiko Marques. Direção: Kiko Marques.
2008 – Roberto Zucco de Bernard-Marie Koltès. Direção: Hélio Cícero.
2008 – Muito barulho por nada de William Shakespeare. Direção: Adriana Pires.
2008 – Instante de Maucir Campanholi. Direção: Maucir Campanholi.

2007 – Morte e vida severina de João Cabral de Melo Neto. Direção: Kiko Marques.
2007 – As Fenícias de Eurípides. Direção: Kiko Marques.

2006 – Gigantes da montanha de Luigi Pirandello. Direção: Kiko Marques.
2006 – Dom Quixote de Miguel de Cervantes. Direção de Paula Coelho.

2005 – Sonho de uma noite de verão de William Shakespeare. Direção: Kiko Marques.
2005 – Peer Gynt de Henrik Ibsen. Direção: Francisco Gomes.

2004 – Trilogia perversa de Ivo Bender. Direção: Kiko Marques.
2004 – Os vivos e os mortos de Kiko Marques. Direção: Francisco Gomes.

2003 – As bruxas de Salém de Arthur Miller. Direção: Francisco Gomes.

2002 – Combustão espontânea de Sarah Kane. Direção: Paula Coelho.
2002 – A menina e o palhaço de Kiko Marques. Direção: Kiko Marques.

2001 – Pecados mortais de Márcio Marciano. Direção: Paula Coelho.
2001 – Brinquedos quebrados de Kiko Marques. Direção: Kiko Marques.

2000 – O retorno ao deserto de Bernard-Marie Koltès. Direção: Francisco Gomes.
2000 – Vertigem de Maucir Campanholi. Direção: Marco Antônio Brás.

1999 – Sob céu cinzento de Maucir Campanholi. Direção: Francisco Gomes.
1999 – Caminho de Parsifal. Direção: Sérgio Ferrara.
1999 – Bonitinha, mas ordinária de Nelson Rodrigues. Direção: Marco Antônio Brás.

1998 – O jardim das cerejeiras de Anton Tchecov. Direção: Maucir Campanholi.
1998 – O anti-Shakespeare de Marco Antônio Brás. Direção: Marco Antônio Brás.

1997 – Ollantaytambo de Maucir Campanholi. Direção: Maucir Campanholi.

1996 – Arturo Ui de Bertold Brecht. Direção: Marco Antônio Brás.

1995 – Viúva porém honesta de Nelson Rodrigues. Direção: Marco Antônio Brás.

1994 – Perdoa-me por me traíres de Nelson Rodrigues. Direção: Marco Antônio Brás.

1993 – O outro de Maucir Campanholi. Direção: Maucir Campanholi.

1992 – As três irmãs de Anton Tchecov. Direção: Paula Coelho.

1991 – O jardim das cerejeiras de Anton Tchecov. Direção: Maucir Campanholi.

1990 – Senhora na boca do lixo de Jorge Andrade. Direção: Walter Portela.

1989 – Rumo a Damasco de August Strindberg. Direção: Susanne Walker e Dario Uzam.

1988 – Nossa vida em família de Oduvaldo Vianna Filho. Direção: Maucir Campanholi.
1988 – A cantora careca de Eugène Ionesco. Direção: Sérgio Correa.

1987 – A lata de lixo da história de Roberto Schwartz. Direção: Júlio César Callado.

1986 – A morte do imortal de Lauro César Muniz. Direção: Ademir Martins.

1985 – Senhora dos afogados de Nelson Rodrigues. Direção: Luís Damasceno.
1985 – Yerma de Federico Garcia Lorca. Direção: Luís Damasceno.

1984 – Abre a janela e deixa entrar o ar puro e o sol da manhã de Antônio Bivar. Direção: Beto Silveira.
1984 – A megera domada de William Shakespeare. Direção: Ademir Martins.
1983 – Médico à força de Molière. Direção: Ademir Martins.